Fala galera!

Trago hoje a segunda e última parte da lista especial reunindo grandes autores de ficção científica. Reforço dois pontos com vocês: a relação de autores foi feita unicamente com base no meu gosto pessoal e a sequência de apresentação dos nomes seguiu a data de nascimento de cada autor, principiando pelo mais velho.

Para conferir a lista nº 01 cliquem aqui.

Espero que curtam e deixem seu comentário, crítica ou sugestão. 😉

1 – Edgar Rice Burroughs (1875 – 1950)

Os personagens criados pelo norte-americano superaram em fama o autor. São dele Tarzan, O Filho da Selva, e John Carter, o herói da guerra civil abduzido por marcianos numa série de 11 livros (A Princesa de Marte, entre outros) que começou a ser publicada no Brasil somente em 2010 pela Aleph.

 

2 – Zamyatin (1884 – 1937)

O russo escreveu diversos contos, em forma de contos de fada, criticando o regime comunista russo. Imortalizou-se pela distopia Nós, que influenciou Huxley e Orwell em suas obras posteriores.

3 – Aldous Huxley (1894 – 1963)

O inglês é mundialmente conhecido por sua distopia Admirável Mundo Novo. Publicou diversos ensaios e contos e era um grande entusiasta do uso responsável do LSD como catalisador de processos mentais.

4 – Heinlein (1907 – 1988)

O norte-americano escreveu 56 contos e 30 romances que até hoje são sucesso de vendas. Vencedor de 4 prêmios Hugo de melhor romance de ficção científica por Estrela Oculta, Tropas Estelares, Um Estranho numa Terra Estranha e Revolta na Lua. Foi o primeiro autor scifi a figurar na lista de best-sellers do New York Times.

 

5 – Pierre Boulle (1912 – 1994)

Engenheiro francês, Pierre Boulle atuou como agente do serviço secreto da inteligência da França Livre na Segunda Guerra Mundial. Suas duas obras mais famosas foram imortalizadas no cinema: O Planeta dos Macacos e A Ponte sobre o Rio Kwai. Este último, vencedor do Oscar de Melhor Filme em 1957.

 

6 – Anthony Burgess (1917 – 1993)

Escritor, compositor e crítico, o inglês Burgess ainda é pouco conhecido apesar do sucesso de sua obra mais famosa, Laranja Mecânica. Toda sobra obra é extremamente marcada pela sátira social

 

7 – Frank Herbert (1920 – 1986)

O jornalista norte-americano ficou imortalizado por Duna e seus 5 livros subsequentes da série. Sua temática aborda sobrevivência humana, evolução, ecologia, e a interação entre religião, política e poder.  Arthur C. Clarke declarou que a obra de Herbert só encontra comparação na de Tolkien.

 

8 – Ray Bradbury (1920 – 2012)

Autor de Fahrenheit 451, considerada uma das mais renomadas obras de ficção do século XX, o norte-americano escreveu distopias, scifi e terror. Diversos livros foram adaptados para o cinema e televisão, em quem se destacam Crônicas Marcianas e Uma Sombra Passou por Aqui.

 

9 – Richard Matheson (1926 – 2013)

Considerado como um dos grandes nomes da ficção científica do século XX, o norte-americano escreveu centenas de contos e romances que influenciaram diversos autores. Suas obras mais cultuadas são o pós-apocalíptico Eu Sou a Lenda, O Incrível Homem que Encolheu, Hell House e Em Algum Lugar do Passado.

 

10 – Ursula K. Le Guin (1929 – )

A norte-americana tem grande destaque na ficção científica e na fantasia. Influenciada por Tolkien e Philip K. Dick (com quem estudou no colégio, embora não se conhecessem), sua obra se debruça sobre questões de sociologia, antropologia e psicologia. A Mão Esquerda da Escuridão é um de seus livros indispensáveis para leitura.

 

Compartilhar
Artigo anteriorEditora Arqueiro: lançamentos de Junho
Próximo artigoConfira as estreias da Netflix para Junho/2017
Jornalista e aprendiz de serial killer. Assumidamente um bookaholic, é fã do mestre Stephen King e da literatura de horror e terror. Entre os gêneros e autores preferidos estão ficção científica, suspense, romance histórico, John Grisham, Robin Cook, Bernard Cornwell, Isaac Asimov, Philip K. Dick, Saramago, Vargas Llosa, e etc. infinitas…

Deixe uma resposta