Primeiras impressões: Crônicas de Markus – Marcio Zanini

Quantos segredos você é capaz de esconder?

1
484

Olá, Compulsivos! Hoje trago pra vocês as primeiras impressões sobre o livro Crônicas de Markus, do autor Marcio Zanini e publicado pela nossa editora parceira Xeque-Matte. É importante frisar que só tive acesso aos quatro primeiros capítulos do livro, dessa forma, tanto eu quanto vocês ficamos com aquela vontade de conhecer toda essa história bem sombria e que acerta em cheio os fãs de uma boa história de vampiros!

Na sinopse do livro Crônicas de Markus já vemos uma envolvente história sobre um simples camponês que buscava, isolado do mundo, viver sua vida da melhor maneira possível. Só que nessa calmaria tudo muda com a chegada de Liliana à pequena vila. Inocente sobre sua condição, se agarra aos mais próximos para lidar com as mudanças que a vida lhe impôs. O medo e falta de conhecimento acabam levando o personagem para o caminho oposto do que sempre havia planejado. Já em outra parte, Thomas, um inocente garoto, começa a ser treinado para se tornar um caçador de vampiros, a serviço de pessoas que tem por único objetivo eliminar do mundo todos os chupadores de sangue. O encontro entre esses dois mundos irá abalar ambos os lados e desestruturar a vida como conhecem.

Com essa sinopse de tirar o fôlego mergulhamos em uma história sombria. A narrativa do autor, em terceira pessoa, nos leva a conhecer os detalhes de cada personagem de forma muito leve e objetiva, dando a oportunidade de entender as motivações e sentimentos de cada personagem, gosto muito desse tipo de leitura. Em alguns momentos, senti que outras histórias do gênero tiveram influência na construção da história, mas sem tirar a personalidade do que estava sendo proposto pelo autor, nesse universo que já é, de certa forma, batido na literatura e no cinema, principalmente depois do sucesso da Saga Crepúsculo.

Sem dúvida alguma essa foi uma das melhores leituras nacionais que tive a oportunidade de degustar dessa nova geração de autores que vem publicando suas primeiras histórias no Brasil. Marcio Zanini tem uma escrita própria, narra muito bem os detalhes da sua obra e consegue manter uma linguagem muito atual apesar do livro se passar no século XVI.

Vale um salve especial à Editora Xeque-Matte que investe na publicação de livros de novos autores, isso é muito importante para a renovação dos autores brasileiros, e temos a oportunidade de conhecer histórias com uma qualidade impar. Já é a segunda leitura que faço dos capítulos iniciais de livros da editora e o resultado está sendo surpreendente, deixando aquela vontade de seguir lendo as obras até o fim. Bola dentro pra equipe da Xeque-Matte.

Para ver as Primeiras Impressões do livro Ácido & Doce, do autor Raphael Miguel, clique aqui.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta