Confusões de um Garoto

Sinopse Verus Editora: Após as férias de verão, Zeca se olhou no espelho e não reconheceu o garoto ali refletido. Ele tinha crescido e mudado muito. Parecia outra pessoa! Estava mais alto, com a voz mais grave, e o que mais causava espanto: seu repentino sucesso com as garotas! Então veio uma descoberta bastante confusa: ser adolescente não é nada fácil. Não é mais criança, mas também não é adulto ainda. E ali, no meio do caminho, um bocado de coisas novas (e bem estranhas!) passaram a acontecer. Além de lidar com a nova aparência e a popularidade, algumas perguntas começaram a provocar confusões na cabeça de Zeca… Por que suas irmãs gêmeas viviam se arrumando, tirando selfies e falavam sem parar? Por que certas coisas que antes eram tão legais não tinham mais a mesma graça? Por que o perfume que a Júlia deixou no rosto de Zeca mexeu tanto com ele? E a principal questão: Por que ele não consegue parar de pensar nela? Nesta história divertida, você vai acompanhar Zeca enquanto ele navega pelos altos e baixos que surgem com a adolescência e descobre que, seja como for, o importante é ter ao lado as pessoas que amamos. (Resenha: Confusões de um Garoto – Patricia Barboza)

Opinião: Hoje vamos falar sobre o livro Confusões de um Garoto, da autora brasileira Patricia Barboza, originalmente publicado pela Ciranda Cultural em 2010 e republicado pela Editora Verus, do Grupo Editorial Record, em setembro de 2016, com uma nova versão ampliada da história. Como vocês sabem, eu gosto muito de histórias que exploram os dramas adolescentes, e estava doido pra ler esse livro há muito tempo e finalmente comprei o livro. Tinham outros dez livros na frente dele, mas em meio a uma leitura bem dramática de outro livro, não resisti, fiz uma pausa e comecei a ler pra aliviar a mente. Como eu já esperava, sobrou espaço no final de semana, pois a leitura é muito gostosa e fluiu naturalmente.

Confusões de um Garoto é um livro clássico com dramas adolescentes e nos apresenta o personagem Zeca, logo após suas férias, chegando ao primeiro dia de aula do 9º ano. Repleto de mudanças na sua vida e no seu corpo, mergulhamos nos dramas, nas dúvidas e nas preocupações de um garoto que está entrando na adolescência. A construção dos personagens é feita com muito cuidado pela autora, tanto pela forma como Zeca é retratado quanto pela sua relação com seus familiares e amigos da escola. A história é tão fluida que logo no início nos sentimos parte daquilo tudo, como se estivéssemos sentados à mesa com os personagens comendo um pedaço de bolo.

Muitos autores tem investido em histórias voltadas para o público jovem, o que é muito importante. É uma forma de conexão com esse público, aproximando da realidade adolescente e criando uma ponte de incentivo e atração para a leitura quando vivemos em um mundo tão conectado. Porém o que mais me encantou é que mais do que uma história voltada para o público teen, essa é uma história que pode fazer você fazer uma viagem no tempo e relembrar dos tempos em que estava se descobrindo, quais foram suas dúvidas, resultando numa conexão incrível com o personagem central do livro. É muito difícil livros desse tipo que tem como protagonista um menino e esse é dos pontos altos desse livro. Viver todas as tramas sob o olhar do Zeca foi um golaço incrível da Patrícia, pois ela nos dá oportunidade de ver com outros olhos o que todo adolescente sofre, diferente da maioria dos livros, que sempre nos trazem a visão das garotas.

O desfecho da história acaba sendo previsível, mas, particularmente, não consegui ver outra forma de encerrar o livro. A autora fez exatamente o que deveria fazer para que tivéssemos em mãos um livro que proporcionasse uma leitura maravilhosa, sem grandes sustos, que deixasse aquele gostinho de quero mais com o próprio Zeca e os demais personagens do livro. Pena que até o momento uma nova edição de “Confusões” não tenha sido anunciada pela autora e pela editora, explorando outros personagens ou o próprio Zeca anos depois.

Um ponto que vale destacar é o trabalho que vem sendo feito pelas novas edições lançadas pela Verus. A Editora, que compõe o Grupo Editorial Record, tem investido em livros com diagramações mais simples, mas com revisões impecáveis e capas que não só traduzem muito bem o teor de suas histórias, mas que são de um bom gosto extremo para os amantes dos livros.

Avaliação: 5 estrelas

Patricia Barboza - Editora VerusSobre a autora: Patrícia Barboza é carioca, adora música, pizza, chocolate, internet e é viciada em séries de TV. É formada em produção editorial e especializada em literatura infantojuvenil. É palestrante do Projeto Leitura Nota 10, visitando instituições de ensino com o objetivo de dar uma injeção de ânimo aos jovens e incentivá-los a ler. Para conhecer melhor o trabalho da autora, visite: www.patriciabarboza.com.

Clique aqui para comprar o livro.

 

Origem - Dan Brown - Editora Arqueiro

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta