O clássico de Clarice Lispector, A Hora da Estrela, completa 40 anos de lançamento. Para festejar a data, a editora Rocco está lançando uma edição especial comemorativa em capa dura e com textos críticos de nomes como Nadia Gotlib, Eduardo Portella, Clarisse Fukelman, o irlandês Colm Tóibín e a francesa Hélène Cixous, entre outros. A edição especial traz ainda um caderno, em papel couchê, com reproduções em fac-símile do texto original da autora, com texto de apresentação inédito da escritora, tradutora e pesquisadora Paloma Vidal.

Romance mais popular de Clarice Lispector, lançado em 1977, ano da morte da escritora, o livro expõe os dilemas criativos do escritor Rodrigo S. M. (alter-ego da própria Clarice) para narrar a história de Macabéa, uma jovem alagoana órfã, virgem, feia e solitária, criada por uma tia tirana, que a leva para o Rio de Janeiro, onde trabalha como datilógrafa e cumpre seu triste destino com total resignação. Em seu romance de despedida, Clarice põe um pouco de si nas personagens Rodrigo e Macabéa. Ele, um escritor atormentado, à espera da morte; ela, uma moça infeliz e desprezada por todos, que gosta de espantar a solidão ouvindo a Rádio Relógio e que passou a infância no Nordeste, como a própria autora. Uma obra que se mantém instigante, inovadora e profundamente comovente há 40 anos, ganhando reimpressões sucessivas e traduções em todo o mundo.

Origem - Dan Brown - Editora Arqueiro

Deixe uma resposta