“O motivo básico para que as instituições religiosas, cristãs ou outras, não revelem informações sobre o assunto é que o espírito demoníaco é considerado a manifestação física do Diabo. ”

Sinopse DarkSide: Eles enfrentaram os mistérios mais sinistros dos últimos sessenta anos, sempre em busca da verdade. Agora é a sua vez de entrar em contato com o sobrenatural. Você tem coragem? Então leia Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, a biografia definitiva dos mais famosos investigadores paranormais do nosso plano astral.

Opinião: O desconhecido sempre nos fascinou. Desde criança somos apresentados a personagens e histórias sobrenaturais, a causos contados por avós, vizinhos e amigos envolvendo algo que ninguém sabia explicar. Por outro lado, independente de religiões, também sempre fomos condicionados a crer na existência de duas forças em eterno embate no mundo: bem e mal, ou se preferirem, Deus e Diabo. Alguns acreditam, outros não, e muitos são indiferentes. E independente disso, esse desconhecido misterioso nunca deixou de pairar ao redor de nossas vidas em notícias de jornais, vídeos no YouTube, relatos de vítimas, clérigos ou psicólogos, entre tantos outros.

Ao tomar contato com Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, os leitores devem estar preparados para um mergulho nesse desconhecido que tanto nos fascina e do qual sabemos tão pouco ou quase nada (se é que sabemos algo com certeza). A obra é um misto de biografia profissional e dossiê dos principais casos investigados e documentados pelo casal: Edward Warren Miney (já falecido), um demonologista, ou seja, um especialista no estudo de demônios; e Lorraine Rita, clarividente e médium. O casal dedicou sua vida a investigação de supostos casos de possessão e paranormalidade, alcançando fama mundial.

O livro, inédito no Brasil até 2016 quando ganhou uma edição de luxo pela DarkSide, é dedicado a narrar alguns dos principais e mais notórios casos que marcaram a vida dos Warren. Gerald Brittle teve horas de conversas e entrevistas com eles, ouviu gravações e conferiu documentos e todo o arquivo de várias décadas de trabalhos. O resultado é uma obra de linguagem bastante objetiva com relatos perturbadores, mas que não é capaz de prender o leitor da primeira à última página. Por vezes o ritmo se arrasta um pouco e em alguns pontos achei que as divagações e explicações ficaram extensas demais, apesar de entender a importância no contexto da narrativa.

Lorraine Warren e a boneca Anabelle

Os relatos de casos mundialmente conhecidos como Amityville e da boneca Anabelle, por exemplo, são extremamente interessantes de serem desvendados, embora não tenham me despertado nenhum calafrio. Já algumas poucas histórias que envolvem diretamente demônios ou entidades superiores na hierarquia diabólica são as que podem perturbar de verdade e até mesmo causar medo nos leitores mais facilmente impressionáveis. Além disso, o casal explica um pouco do processo da possessão e suas fases, as diferenciações entre espíritos, fantasmas e demônios, e como simples e inocentes brincadeiras podem trazer o caos para a vida de alguém.

A leitura de Ed & Lorraine Warren é aquele pequeno doce ofertado para deixar as pessoas com gosto de quero mais. Somos guiados pelo mundo desconhecido vivenciado pelo casal no seu dia-a-dia e saímos com a impressão de que, de fato, existem muitas coisas entre o céu e a terra. Logicamente há total espaço para o ceticismo, até mesmo porque vários desses casos já foram colocados em xeque e os debates seguem sem fim. Na dúvida, nunca brinque com um tabuleiro Ouija.

Avaliação: 4 Estrelas

O Autor: Gerald Brittle é autor de obras de não ficção, com formação em literatura e psicologia, especializado em teologia mística. Além de Ed & Lorraine Warren: Demonologistas, publicado originalmente em 1980, é autor de The Devil in Connecticut (1983).

 

Compartilhar
Artigo anteriorGlobal lança Vida e Obras de Alberto Caeiro, de Fernando Pessoa
Próximo artigoResenha: Sobre a Escrita – Stephen King
Jornalista e aprendiz de serial killer. Assumidamente um bookaholic, é fã do mestre Stephen King e da literatura de horror e terror. Entre os gêneros e autores preferidos estão ficção científica, suspense, romance histórico, John Grisham, Robin Cook, Bernard Cornwell, Isaac Asimov, Philip K. Dick, Saramago, Vargas Llosa, e etc. infinitas…

Deixe uma resposta