Sinopse Editora Arqueiro      

Em um império fragmentado, circundado por mares selvagens, dois jovens de culturas diferentes se unem por uma causa comum.
Uma menina de 8 anos é a única sobrevivente do massacre de sua vila por biomantes, uma das mais poderosas forças do imperador. Batizada com o nome de seu vilarejo para nunca se esquecer do que perdeu, Bleak Hope é treinada em segredo por um mestre guerreiro para se tornar um instrumento de vingança.
Um estranho garoto de olhos vermelhos fica órfão nas esquálidas e sujas ruas de Nova Laven, mas é adotado pela pior pessoa que o destino poderia lhe apresentar: Sadie Cabra, uma das criminosas mais infames do submundo. Batizado como Red, ele é treinado para ser um exímio atirador de facas – além de ladrão, mentiroso e trapaceiro.
Quando um senhor do crime estabelece um acordo de poder com biomantes para tomar o controle do submundo de Nova Laven em troca da miséria da população, as histórias de Hope e Red finalmente se cruzam. Seja por honra ou vingança, essa improvável aliança os levará para a maior batalha da vida deles.
Jon Skovron marca aqui o início da trilogia Império das Tormentas, uma fantasia embalada por uma espadachim habilidosa, piratas, vigaristas, jogos de poder e revolução.

Opinião

Império das Tormentas é o primeiro volume de uma trilogia lançado neste ano de 2018. A história é escrita pelo o autor Jon Skovron e com muita similaridade com as fantasias atuais, este primeiro livro introduz de forma prática, romântica e acelerada o universo criado por ele.

A história acompanha dois jovens que possuem muitas semelhanças, dentro elas é marcante como possuem almas carregadas de dor, sede de vingança e vontade de matar.

Bleak Hope e Red cresceram separados, suas vidas foram marcadas desde o início pela destruição do grande Imperador na busca incessante de poder e mais poder. Dentre várias semelhanças já citadas, os dois foram treinados para matar.

Isso ocorre justamente pelo o que o destino fez com ambos ainda crianças. Roubou-lhes a vida de criança, seus pais, suas cidades e como lixo foram lançados no submundo marginalizado.

Bleak Hope é uma jovem forte, destemida, durona e sagaz. Ela possui todas as características femininas das atuais heroínas literárias, não existe um charme ou algo mais, é simplesmente mais do mesmo.

Já é Red é um jovem técnico, absoluto, forte e ágil. Com a presença feminina e marcante de Hope, ele se sustenta como um coadjuvante importante para história e de sustentação para Hope.

O que os une é o grande imperador. Uma caricatura exagerada de força pelo poder e traços bem marcantes de uma política de falácias, ele faz com que o império seja o seu banco particular para se sustentar e criar medo com seu exército de biomantes; que são justamente o charme legal deste livro e espero que nos próximos volumes sejam mais explorados e utilizados.

A leitura é intercalada por momentos ágios e acontecimentos desnecessários. O autor consegue em alguns momentos estabelecer uma escrita mais gradual e linear que interage com o leitor e conversa com ele.

Império Das Tormentas é uma fantasia que ainda pode prometer com seus próximos volumes, este primeiro livro deixa um pouco a desejar por mostrar mais do mesmo e não trazer quase nenhuma novidade ou ponto de virada que deixe o leitor de queixo caído. Leiam!

Avaliação 3 Estrelas

O autor Jon Skovron já foi ator, músico, salva-vidas, bilheteiro da Broadway, funcionário de depósito, escritor de manuais e desenvolvedor web. Finalista do prêmio Morningstar por Império das Tormentas, Jon é autor de diversos livros para jovens leitores e seus contos já figuraram em várias publicações e antologias. Mora no subúrbio de Washington com dois filhos e dois gatos, e gosta de histórias sombrias, estranhas e ligeiramente engraçadas.

Compartilhar
Artigo anteriorConheça a série Clube dos Sobreviventes de Mary Balogh
Próximo artigoO Segredo de Helena | Conheça o livro inédito de Lucinda Riley
Goiano do pé rachado e comedor de piqui. Alucinado por histórias fantásticas e distópicos. Tributo, Hobbit de nascença, e habitante do país de Aslan. Entre os autores Suzanne Collins é majestade e Tolkien é imperador. Técnico em Química e buscando ser químico industrial intercalado com a vida de escritor, um dia qualquer publicará seu livro. Não dispensa um cinema...

Deixe uma resposta