Sinopse Bertrand Brasil: Finn Maguire não tem futuro nem família, exceto por seu pai, um malsucedido roteirista. Ao encontrar o corpo do pai espancado em uma poça de sangue, a vida monótona do rapaz vira de ponta-cabeça. Principal suspeito do assassinato, Finn, um garoto de dezessete anos, disléxico e com antecedentes criminais, precisa correr contra o tempo para limpar seu nome e descobrir quem odiava seu pai a ponto de matá-lo. Arrastando-se pelo sórdido e brutal submundo de Londres em busca de respostas, Finn expõe obscuros segredos familiares e enfrenta novos perigos a cada esquina. E está prestes a descobrir que as pessoas em que mais confia são as que podem golpeá-lo com mais força.

Opinião: Primeiro livro de uma trilogia, O Triturador é um suspense leve, bem-humorado e despretensioso. É o típico livro para ser lido por pura e simples distração, e que quase poderia ser chamado de suspense infanto-juvenil.

Niall Leonard nos leva pelas desventuras de Finn Maguire, um garoto de dezessete anos com uma vida em que tudo parece estar dando errado da forma mais espetacular possível. Narrada em primeira pessoa, com a peculiar visão de mundo do protagonista, a trama é ágil e praticamente devoramos os capítulos. Não há nada de espetacular no enredo e a busca de Finn pelo assassino do pai não se constitui num mistério que prenda nossa curiosidade. Na verdade, a história vai fluindo e nós vamos seguindo seu ritmo envolvidos pelas peripécias do protagonista sem nos preocuparmos com aquilo que deveria ser o ponto principal da obra: desvendar um mistério.

O autor não se preocupa em dar muitas explicações ou entrar em detalhes sobre diversas passagens e acontecimentos, algo que se não prejudica a história também não colabora para dar mais qualidade ao conjunto da obra.

O bom-humor do protagonista em contar sua história é o ponto alto do livro, tirando boas risadas durante a leitura. Fora isso, repito, é uma obra bem despretensiosa e que eu não indicaria a leitores ávidos por aquele “algo mais”. Algo negativo, e que me surpreendeu em se tratando do Grupo Editorial Record, foram os diversos erros de revisão que passaram despercebidos e resultaram em muitas grafias erradas de palavras.

Ficando nesse meio termo, sem uma opinião totalmente formada sobre O Triturador, aguardo para ver se teremos as publicações dos outros dois livros: Incinerator e Shredder.

Avaliação: 3 Estrelas

O Autor: Niall Leonard cresceu em Newry na Irlanda do Norte. Se formou como roteirista e diretor na The UK National Film and Television School. Seu primeiro filme foi um curta chamado The Absolution de 1985. Desde então vem dirigindo filmes para cinema e TV, bem como, escrevendo roteiros (escreveu o roteiro de Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade). Casou-se com a autora E.L. James (Trilogia Cinquenta Tons de Cinza) em 1987, tem dois filhos e vive em West.

Origem - Dan Brown - Editora Arqueiro
Compartilhar
Artigo anteriorBiografia de Raul Seixas é lançada pela Martin Claret
Próximo artigoA Torre Negra estreia liderando bilheterias nos EUA
Jornalista e aprendiz de serial killer. Assumidamente um bookaholic, é fã do mestre Stephen King e da literatura de horror e terror. Entre os gêneros e autores preferidos estão ficção científica, suspense, romance histórico, John Grisham, Robin Cook, Bernard Cornwell, Isaac Asimov, Philip K. Dick, Saramago, Vargas Llosa, e etc. infinitas…

Deixe uma resposta