Resenha: Depois de você – Jojo Moyes

1
429

Esta resenha contém spoiler do primeiro livro da série. Se você ainda não leu “Como eu era antes de você” sugiro que você não leia essa resenha, mas a decisão é sua! 😉

Sobre a Série: Depois de Você é o segundo volume da duologia composta por Como eu era antes de Você e Depois de Você.

Sinopse: Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em “Depois de você”, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

“Você não me deu uma vida, deu? De jeito nenhum. Só acabou com a minha antiga. Desfez em pedacinhos. O que eu faço com o que sobrou?”

Depois de você é a aguardada sequência de Como eu era antes de você. O segundo livro da série retorna a história de Louisa Clark dezoito meses depois dos tristes acontecimentos de Como eu era antes de você. É uma história sobre Lou, sobre sua família, com uma pitada de romance. O livro, assim como o primeiro, tem momentos engraçados, mas não deixa de lado aquela forma que só Jojo Moyes tem de nos arrancar algumas lágrimas da forma mais chocante e cruel que um autor pode fazer. Obviamente essa segunda parte não é tão fascinante quanto a primeira, mas cumpre o seu papel de mostrar o quanto Lou foi amadurecendo ao longo da história e segue em busca de dias melhores. Você pode estar na expectativa que esse livro seja tão triste quanto o primeiro, mas ele vai além, é uma história sobre amor, sobre a vida e, principalmente, sobre como recomeçar quando tudo parece estar tão vazio e você já não acredita mais que isso seja possível.

O livro começa com Lou tentando recomeçar sua vida em um novo emprego, depois de passar por várias cidades e sem saber exatamente o que fazer com a tal liberdade recebida depois do luto. A sensação que o livro passa é que ela não sabe bem o que quer ou o que fazer diante daquela situação toda. Uma noite, ela bebe demais e cai do terraço do prédio onde mora (isso está na sinopse do livro – não briguem comigo, rs) e aí vem uma nova reviravolta em sua vida. Ela é obrigada a voltar para a casa de sua família, sendo que o ambiente é bem diferente da história inicial, uma vez que o clima a sua volta gira em torno da participação dela na realização dos desejos de Will. Sem suportar toda a pressão ela decide voltar para o seu apartamento, mas seu pai só permite depois que ela se aceita participar de um grupo para terapia de luto. Nesse grupo, após uma das reuniões ela conhece Sam, um dos paramédicos que lhe socorreu após a queda. Quando enfim sua vida começa a caminhar outra reviravolta acontece quado uma pessoa bate em sua porta e faz com que o passado venha a tona com toda a intensidade dos acontecimentos anteriores.

Em determinado momento do livro eu cheguei a conclusão de que Louisa Clark não era tão perfeita quanto se desenhava no primeiro livro. Na verdade, a personagem chega a ser irritante em alguns momentos, é aquela amiga que você olha e em determinado momento dá vontade de dar uns tapas pra ver se acorda pra vida (e isso acontece várias vezes ao longo das páginas… rs). Todas as vezes que ela teve a oportunidade de tomar a direção da própria vida, abaixava a cabeça e fazia alguma coisa que fazem você parar e se perguntar: Sério? De novo? Fica impossível aceitar ela se justificando com coisas tão superficiais para algumas atitudes. Fora isso, ela é a Lou que a gente ama e sempre é mais fácil julgar quando é o outro (talvez se estivéssemos no lugar dela, agiríamos da mesma forma. Sempre é mais fácil dar conselhos do que recebe-los, neh?)

Curiosamente, é mais um livro apaixonante de Jojo Moyes, que fala muito mais da vida real, e das crueldades dela, do que de uma história fictícia, onde todos se amam e odeiam e no final dá tudo certo. É um livro que fala de frustrações, medo, por vezes ódio, recomeços, amor, família e muitos toques de humor. Você pode até não gostar, mas vai sentir um pouco da sua vida retratada naquelas páginas. Por fim, fiquei com a sensação de que o livro deixou abertura para uma continuação da história, vamos torcer pra que seja, pelo menos dessa vez, mais leve pra Lou!!

Sobre a autora: Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Trabalhou como jornalista por dez anos, nove deles no jornal The Independent, de onde saiu em 2002 para se dedicar integralmente à carreira de escritora. É autora de mais de dez livros, entre eles A última carta de amor, Como eu era antes de você, A garota que você deixou para trás e Um mais um, publicados pela Intrínseca. Como eu era antes de você, seu romance de maior sucesso, vendeu mais de oito milhões de exemplares em todo o mundo, ocupou o topo da lista de mais vendidos em nove países e foi adaptado para o cinema com Sam Claflin (Jogos vorazes) e Emilia Clarke (Game of Thrones). Uma das poucas escritoras no mundo a ter emplacado três livros ao mesmo tempo na lista de mais vendidos do The New York Times, Jojo mora em Essex com o marido e os três filhos.

Avaliação: 4 de 5 estrelas!

Compre esse livro na Amazon, clique aqui!

1 COMENTÁRIO

  1. […] Jojo Moyes: jornalista britânica, a escritora só começou a escrever em 2002, quando lançou sua primeira obra Retrato de Família. Vencedora por duas vezes do Prêmio Romance do Ano é uma das poucas autoras com tamanha honraria. A autora teve até o momento apenas uma de suas obras adaptadas: Como eu era antes de você, em 2016, sendo suficiente para torná-la em mais um fenômeno de vendas. Para se ter uma ideia, Jojo chegou a emplacar no Brasil 05 livros na lista dos mais vendidos da Publish News em 2016 e se mantém até hoje (um ano depois) entre os mais vendidos. Duas de suas obras já foram confirmadas para serem adaptadas para as telonas: Um mais um e Paris para um. Além disso, fortes rumores dão conta de que a sequencia do livro Como eu era antes de você (Depois de você) em breve terá o anúncio da adaptação. Vamos cruzar os dedos e torcer para a Warner Bros cumprir esse rumor. Se você quiser ler a resenha do livro, Depois de você, é só clicar aqui! […]

Deixe uma resposta