A DarkSide segue firme trazendo grandes obras que estão há décadas fora de catálogo no Brasil. O lançamento de maio é Coração Satânico, o mais importante de William Hjortsberg.

Lançado originalmente em 1978, Coração Satânico é uma habilidosa mistura de dois gêneros capazes de tirar o sono de muita gente corajosa: o terror e as histórias de detetive. Com doses generosas de ocultismo e investigação, Hjortsberg consegue homenagear seus ídolos, Dashiell Hammett e Raymond Chandler, e ainda assim ser tão casca-grossa quanto eles.

A Obra

Coração Satânico se passa em Nova York, em 1959. Harry Angel é um detetive particular contratado para encontrar Johnny Favorite, um músico famoso que desaparecera após a Segunda Guerra Mundial. Psicologicamente transtornado com os campos de batalha, Johnny retornaria aos Estados Unidos em estado catatônico. Dias depois, ele some do hospital de veteranos, sem deixar rastros. O caso leva Harry Angel a se envolver com seguidores do vodu, assassinos e um cliente que não ousa perdoar velhas dívidas.

A inspiração veio de um conto que o autor escreveu ainda na escola. Anos mais tarde, a velha história continuaria assombrando seu criador. “Nunca me ocorrera que eu poderia usar Satã como um personagem”, declarou Hjortsberg.

A história seria consagrada em 1987, quando ganhou uma adaptação cinematográfica dirigida por Alan Parker (também roteirista de A Lenda, de 1985), com Mickey Rourke e Robert De Niro nos papéis principais. O sucesso do filme em todo o mundo apresentou Hjortsberg a novos leitores, mas infelizmente os brasileiros estavam há muito tempo sem acesso a sua verdadeira obra-prima.

Origem - Dan Brown - Editora Arqueiro

Deixe uma resposta