Sinopse Galera Record: Uma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos. Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial. Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto. (Resenha: O ódio que você semeia – Angie Thomas)

Opinião: Vivemos em um mundo caótico e abraçado pela intolerância, racismo, preconceito, falta de amor e ódio semeado. As pessoas cultivam o orgulho e se fecham em seus mundos sem reconhecer o valor que o outro tem. Deixamos de ser humanizados e olhar pro próximo como olhamos pra nós mesmos.

O ódio que você semeia é um livro juvenil muito peculiar. Ele discute e discorre de forma simples e objetiva o mal que é o tal do preconceito. Em singularidade coloca como pano de fundo o racismo nos EUA. Um país que tem em suas raízes fortes tendências ao racismo, em que brancos e negros eram separados em quase tudo; e as oportunidades melhores sempre foram dadas as pessoas claras.

O livro esclarece muito bem a vitória de pessoas negras sobre o racismo doentio presente. Porém, ele deixa claro que ainda existe estereótipos e conceitos ligados de forma negativa aos negros.

Com ficção e um toque romântico, acompanhamos Starr, uma menina negra, que vive com os pais, tem um irmão implicante e estuda em escola de “brancos”. Com muita singularidade, a autora questiona o comportamento das raças e como essas pessoas se excluem e dividem.

Starr protagoniza a possível mudança, a união que as raças necessitam ter para que se tenha mais amor e menos ódio. Ao mesmo tempo em que ela luta pelo espaço da sua mente, de se libertar do preconceito que criou consigo mesmo e da depressão que a abocanha, ela precisa ser forte para ter voz contra o ódio.

Este livro, todo e qualquer ser humano precisa ler. Ele é capaz de te questionar, de lhe fazer chorar, de provocar bons risos e de te emocionar. Ver o caminho de Starr e a pessoa que ela vai se tornando é bonito e gracioso. Leia!

Avaliação:

A autora Angie Thomas nasceu e foi criada em Jackson, no Mississippi, o que se percebe pelo seu sotaque. Quando adolescente, era rapper e sua maior conquista foi ter escrito um artigo sobre si mesma na Revista Right On! (com foto). É bacharel em escrita criativa pela Belhaven University e possui um diploma não oficial em Hip Hop. Ela ainda sabe fazer rap, se for preciso. Seu livro de estreia, O Ódio Que Você Semeia (The Hate U Give), foi o primeiro a vencer o Walter Dean Meyers Grant, em 2015, na categoria We Need Diverse Books. O romance será adaptado para o cinema, pela Fox, e chegou ao primeiro lugar da lista do New York Times na semana de seu lançamento.

Compartilhar
Artigo anteriorJoe Hill
Próximo artigoResenha: O Mistério do 5 Estrelas – Marcos Rey
Goiano do pé rachado e comedor de piqui. Alucinado por histórias fantásticas e distópicos. Tributo, Hobbit de nascença, e habitante do país de Aslan. Entre os autores Suzanne Collins é majestade e Tolkien é imperador. Técnico em Química e buscando ser químico industrial intercalado com a vida de escritor, um dia qualquer publicará seu livro. Não dispensa um cinema...

Deixe uma resposta