Sinopse Editora Intrínseca: Às vezes é necessário morrer para começar uma nova vida… A vida de Magnus Chase nunca foi fácil. Desde a morte da mãe em um acidente misterioso, ele tem vivido nas ruas de Boston, lutando para sobreviver e ficar fora das vistas de policiais e assistentes sociais. Até que um dia ele reencontra tio Randolph – um homem que ele mal conhece e de quem a mãe o mandara manter distância. Randolph é perigoso, mas revela um segredo improvável: Magnus é filho de um deus nórdico. As lendas vikings são reais. Os deuses de Asgard estão se preparando para a guerra. Trolls, gigantes e outros monstros horripilantes estão se unindo para o Ragnarök, o Juízo Final. Para impedir o fim do mundo Magnus deve ir em uma importante jornada até encontrar uma poderosa arma perdida há mais de mil anos. A espada do verão é o primeiro livro de Magnus Chase e os deuses de Asgard, a nova trilogia de Rick Riordan, agora sobre mitologia. (Resenha: Magnus Chase “A Espada Do Verão” – Rick Riordan).

Opinião: A Espada do Verão é o primeiro livro da trilogia Magnus Chase do querido tio Rick Riordan e como todos os seu livros com bases mitológicas o humor misturado com mistérios deixa a história ágil e repleta de acontecimentos que prende o leitor do início ao fim.

Rick Riordan para escrever a história de Magnus escolheu a mitologia nórdica como pano de fundo inserindo os deuses mais conhecidos como Thor e Loki.

A jornada de Magnus está ligada com a descendência de sua família que possui uma ligação forte com os deuses de Asgard, algo que já é muito visto em outras histórias dele.

Magnus é filho de uma mãe humana que falece quando ainda estava em crescimento. Seu pai é desconhecido, mas logo descobre que ele é filho de um deus do verão e tudo na sua vida muda com essa descoberta.

Como de costume, o lado filmes que envolve espionagem ou CIA é visível a todo momento no enredo e principalmente nos personagens coadjuvantes que são de extrema importância para que Magnus se encaixe nesse novo mundo.

Sua grande missão está envolvida em salvar o mundo e impedir que o Lobo conclua sua missão de acabar com o mundo, para isso, ele contará com a ajuda de fiéis amigos e principalmente da sua coragem de aceitar quem é agora, a partir do momento que descobriu ser um semi-deus.

Com o bom humor ácido e várias críticas aos filmes do Thor da Marvel a história é bem escrita e empolgante, cheia de revelações e reviravoltas. Para os amantes de fantasia é uma boa opção de entretenimento. Leiam!

Avaliação: 5 estrelas

O autor Rick Riordan nasceu em 1964, em San Antonio, Texas, Estados Unidos, onde mora com a mulher e dois filhos. Durante quinze anos ensinou inglês e história em escolas públicas e particulares de São Francisco. Além da série Percy Jackson e os Olimpianos, publicou a premiada série de mistério para adultos Tres Navarre.

Compartilhar
Artigo anteriorObra de Julio Verne ganha edições de luxo pela Martin Claret
Próximo artigoResenha: Todo Dia a mesma Noite – Daniela Arbex
Goiano do pé rachado e comedor de piqui. Alucinado por histórias fantásticas e distópicos. Tributo, Hobbit de nascença, e habitante do país de Aslan. Entre os autores Suzanne Collins é majestade e Tolkien é imperador. Técnico em Química e buscando ser químico industrial intercalado com a vida de escritor, um dia qualquer publicará seu livro. Não dispensa um cinema...

Deixe uma resposta